Você já parou para pensar em como todo aquele conteúdo — que você consome, curte, comenta e compartilha — foi parar ali nas redes sociais? 

Com certeza não foi por um passe de mágica ou vontade própria do algoritmo

Todos os dias, bilhões de pessoas acessam esse meio de comunicação em massa para se educar, informar e entreter. Aposto que você também, não é? 

Basta um clique e temos acesso a uma infinidade de assuntos, produtos, serviços, negócios e marcas à nossa disposição. 

Dentre as várias pessoas que estão nos bastidores trabalhando para que você receba o melhor conteúdo possível, existe uma figura peculiar que faz toda a diferença na entrega e produção do conteúdo: o profissional de Social Media.

Embora essa função tenha se perdido pelo caminho nos últimos anos, um bom Social Media é capaz de mudar totalmente o relacionamento da sua marca com o público. 

Mais do que isso: ele é capaz de conduzir todas as pessoas que o acompanham nas redes sociais para os objetivos já estabelecidos pela estratégia que ele mesmo criou.  

As carreiras mudaram ao longo das últimas décadas e nos apresentaram demandas que requerem movimento e uma constante evolução

Enquanto isso, o Social Media é uma das profissões do futuro com grandes oportunidades que já podem ser aproveitadas hoje

O que é um profissional de social media?

O Social Media é o profissional que atualiza, monitora e gerencia as redes sociais. Ele trabalha com criação, curadoria e gestão de conteúdo nos espaços digitais.

A partir disso, ele é capaz de atingir diversos objetivos previamente definidos, tais como aumentar o número de seguidores, engajar, melhorar o relacionamento, dentre outros. 

Afinal, todos deveriam estar na internet e, a longo prazo, aqueles que não estiverem, ficarão cada vez mais para trás. 

Ele é o responsável por publicar tudo o que chega até você em relação a conteúdo para que possamos receber as melhores informações sobre educação, informação e entretenimento. Além disso, o Social Media ainda é capaz de nutrir relações entre o negócio e a audiência.

Podemos dizer que o Social Media é o guardião do conteúdo, ou seja, alguém capaz de estar exatamente entre o melhor dos mundos: conhecendo a fundo o que as pessoas querem, orientando as necessidades e desejos para os outros membros da equipe enquanto coloca em prática as próprias estratégias.

cadeado

O que significa Social Media?

A tradução da palavra Social Media do inglês para o português quer dizer, literalmente,“mídia social”

Ou seja, a profissão que é responsável por criar e monitorar os próprios conteúdos, além de acompanhar o público na plataforma e interagir com eles, possui o mesmo nome da plataforma de comunicação que atende. 

A variedade de mídias sociais engloba desde as redes sociais (em que a base é o relacionamento) como o Facebook até o compartilhamento de conteúdo como o YouTube. 

Já o Instagram é um exemplo de mídia versátil que pode ser usada tanto para construção de relacionamento quanto para entretenimento ou educação, uma vez que dentro do próprio aplicativo encontramos várias ferramentas multimídia que permitem um uso variado como reels, stories, direct, etc.

O que faz um profissional de Social Media?

O Social Media precisa entender o funcionamento das redes sociais, do marketing digital, e principalmente, marketing de conteúdo como bases para as suas principais atividades do dia a dia. A rotina de um social media profissional se divide em: 

  • Pesquisa/Benchmarking: o profissional precisa ser curioso sobre tudo o que envolve o nicho atendido e também por nichos próximos. Ele também deve ir atrás de trabalhos feitos por outras pessoas que trabalham na mesma função a fim de guardar inspirações para o seu cotidiano e buscar melhorar a qualidade do conteúdo produzido.
  • Ideação: após a etapa anterior, ele passa por um brainstorming, ou seja, um processo criativo em que surgem diversas ideias. 
  • Criação: essa é a etapa em que a criatividade entra em ação para gerar os melhores conteúdos possíveis. 
  • Planejamento: o social media define os formatos e canais de comunicação em que serão distribuídos os conteúdos. 
  • Calendário editorial: todas as criações ganham datas de publicação definidas de acordo com datas comemorativas e estratégicas. 
  • Monitoramento de mídias sociais: todo o conteúdo que é publicado e consumido gera uma resposta que dirá se a audiência se conectou ou não. Depois dessa recepção, a coleta de dados é feita e analisada pelo Social Media. Por isso, o termo analista de redes sociais também é utilizado para descrever este profissional.

Além das funções principais acima, o Social Media em início de carreira pode também fazer artes de nível mais básico em ferramentas gratuitas de Design, como o Figma ou Canva.

A maior parte das atividades descritas são voltadas para questões técnicas, mas a cereja do bolo talvez seja humanizar as mídias sociais para que, aliadas a uma estratégia predefinida, elas ganhem vida

E é aí que um grande Social Media de fato se destaca.

Os números podem ser o que mantém os negócios em dia, mas é a forma de se relacionar, as sensações e até mesmo a companhia que uma mídia social proporciona que farão com que ela fique marcada na mente do público e faça com que volte todos os dias.

Por que contratar um social media? 

Imagine um oceano azul com uma variedade incontável de peixes e outros seres marinhos.

Todos eles em um ecossistema ainda intocado pelo homem em sua maior parte. 

Da mesma forma que o mar, o mundo digital abriga várias oportunidades que já podem ser vistas a olho nu — enquanto sempre haverão profundezas ainda maiores a serem exploradas. 

A realidade é que a quantidade de influenciadores, marcas, negócios físicos e digitais só tendem a crescer nos próximos anos. 

Desde o primeiro semestre de 2020, o número de pessoas que gastam tempo na Internet só aumenta. Para se ter uma ideia, os brasileiros gastam mais de 10 horas por dia online de acordo com a Digital 2022 Global Overview Report  da We Are Social e HootSuite. 

tempo uso dia internet janeiro 2022

Só no último ano, houve um crescimento de 21%, ou seja, 257 milhões de contas novas foram criadas só no Instagram, um dos aplicativos mais utilizados nos dias atuais. 

Estes dados só demonstram como o mercado de trabalho para este profissional tende a aumentar muito nos próximos anos, da mesma forma, aumentará o nível de exigência por profissionais cada vez mais qualificados, e que não sejam apenas apertadores de botão.

Ou seja, o social media hoje precisa ser capaz de fazer mais do que apenas copiar e colar textos e imagens, ele precisa ser capaz de:

  • Criar.
  • Planejar.
  • Organizar.
  • Liderar.
  • Distribuir conteúdo de qualidade.
  • Contribuir com o copywriter, designer e gestor de tráfego.
  • Relacionar-se com o cliente.
  • Contribuir para o número de vendas do seu negócio, seja ele digital ou não. 

Quanto é o salário de um Social Media?

Os valores de salário para um Social Media podem variar para mais ou menos dependendo da quantidade de clientes atendidos e do tipo de contratação, que pode ser de: prestador de serviços (PJ), em agências, freelancer ou até mesmo um funcionário de acordo com as Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) em empresas. 

Em geral, um Social Media júnior pode receber a partir de R$ 2 mil reais mensais, já o analista de redes sociais ganha em média R$ 5 mil ao mês. Mas isso irá depender do tipo de contrato de trabalho. Um profissional independente e que atenda alguns clientes, pode atingir tranquilamente um salário de mais de R$10 mil reais por mês

formacao social media banner 01

Quem pode ser social media?

Qualquer pessoa pode atuar nessa profissão desde que estude, coloque em prática as habilidades requeridas e se mantenha atualizado sobre tudo o que diz respeito às redes sociais, marketing digital e de conteúdo.

Ao contrário do que muitos pensam, a função do Social Media não necessariamente requer uma faculdade

É comum encontrar profissionais com formação em comunicação social, mas não existe uma regra que impeça pessoas que atuem em outras áreas de trabalhar em uma das profissões do futuro

Na verdade, conhecimentos diversos só agregam valor para a atividade do Social Media. Ainda que você venha de uma área mais técnica, como engenharia ou contabilidade, e queira uma mudança de vida.

Ainda que você não tenha faculdade. 

Ainda que você não saiba o que fazer e esteja começando agora a procurar um ofício para a sua vida.

A função exige apenas uma coisa: sede por aprendizado constante.

Qual é o perfil de um Social Media? 

Dentre as características que um Social Media deve ter, estão a criatividade, a curiosidade e a versatilidade.  

Ao contrário do que muitos pensam, uma pessoa criativa não é alguém que já nasceu com isso, como um dom. Todos nós somos dotados desse aspecto por ser natural dos humanos. 

Somos capazes de desenvolver várias ideias, sejam elas novas ou adaptadas de outras já existentes para que o público gerenciado pelo Social Media sempre tenha conteúdos diferenciados. 

Já o desenvolvimento incessante da curiosidade auxilia a produção de novos conteúdos e até mesmo a reprodução dos mesmos com novos olhares a partir de uma pesquisa intensa.

O Social Media também precisa ser versátil, ou seja, saber acompanhar as mudanças e se adaptar a elas. Se manter atento a todas as novidades a respeito das redes sociais e interações com o público. 

Por último, o profissional precisa desenvolver uma habilidade (não característica) que irá acompanhá-lo ao longo de todas as tarefas: a curadoria de conteúdo

Tudo o que o Social Media consome deve ser avaliado com um olhar criterioso sobre a qualidade daquele conteúdo. Afinal, selecionar as melhores ideias que outras pessoas já tiveram é alimentar as suas próximas criações. 

celular post it

Exemplos de trabalhos para o Social media 

Hoje em dia, qualquer negócio pode ser favorecido pelos serviços desse profissional, seja  físico ou digital

Pizzarias, hamburguerias, clínicas de estética, academias e lojas de roupas são exemplos de empresas físicas que se beneficiam com o trabalho do Social Media.

Profissionais autônomos como dentistas, médicos, advogados e arquitetos também podem e devem ter alguém para gerenciar as suas redes sociais a fim de humanizar o perfil e atrair mais clientes. 

Além de todas as opções anteriores, dentro do próprio mundo digital o Social Media encontra vários experts e influenciadores que precisam de alguém para gerir as suas redes sociais.   

O que todo Social Media deve saber?

Antes de tudo, o Social Media deve conhecer ao máximo sobre o cliente, independente dele ter um negócio, produto, serviço ou marca. 

Isso inclui ainda o posicionamento e a comunicação com o público de acordo com o manual de voz da marca à qual ele presta o serviço para que o trabalho seja feito da melhor forma. 

Além disso, a construção da persona, ou seja, a visualização do cliente ideal com os seus desejos e dores também faz parte do planejamento. 

Ele também deve estar sempre atento aos trabalhos de outros colegas da mesma profissão para coletar inspirações para os seus trabalhos.

A partir dessa base, será possível estabelecer uma estratégia com objetivos específicos

Além disso, assista um trecho da Aula 248 – O que é e como se tornar um Social Media com dicas incríveis sobre como começar a trabalhar como Social Media da maneira certa.

Como se apresentar como social media?

Muitas pessoas nos últimos anos perceberam a importância da presença nos espaços digitais, porém ainda encontramos muitos negócios que resistem e até mesmo desconhecem o alcance e resultado que poderiam obter se contratassem esse profissional. 

O Social Media pode se apresentar como um gestor de mídias sociais ou até mesmo como o responsável pelas redes sociais no sentido de zelar pela melhor performance possível da mídia a qual prestará o serviço para o cliente. 

Esse prestador de serviços precisa mostrar que, enquanto o cliente está ocupado com outras questões, ele é o responsável por ser a ponte entre o público e o produto, marca, empresa ou expert. 

social media ponte

A especialização em certos nichos de atuação também é um diferencial no mercado e beneficia tanto o contratante quanto o Social Media. 

Enquanto o cliente se tranquiliza em saber que irá receber um serviço de qualidade, o gestor de mídias consegue entregar mais para um maior número de clientes sem perder as outras tarefas porque ele sabe do que está falando.  

Além disso, um bom Social Media é observador e conhece o público melhor do que ninguém por estar em contato diariamente por horas. 

Ele é quem dá a primeira palavra porque sabe as necessidades das pessoas com quem mantém contato, tornando-se um profissional essencial para qualquer negócio.

Como se tornar um social media?

Junto à dedicação aos estudos e trabalho, o Social Media deve buscar informações a respeito de sua profissão em fontes confiáveis e em profissionais que já resistiram ao teste do tempo.

Talvez você se confunda sobre os possíveis caminhos da profissão por conta do excesso de resultados encontrados na internet que, muitas vezes, geram uma overdose de informações.

A busca não precisa ser dolorosa. Não precisa sequer ser difícil ou confusa. 

Por isso, todas as informações sobre a profissão estão em um só lugar com aulas ministradas por especialistas do mercado para que você adquira todos os conhecimentos necessários à função.

A Formação em Social Media d’O Novo Mercado faz parte da iniciativa O Novo Mercado Carreiras, que tem como objetivo oferecer uma versão moderna e online de cursos técnicos comuns por meio de conteúdos completos, acessíveis, rápidos e objetivos.

A proposta Carreiras apresenta um formato inovador que prepara profissionais de uma forma mais rápida e livre do que o ensino tradicional. Tudo isso com uma estrutura de aprendizado mais completa em comparação a outros cursos digitais disponíveis no mercado.

A Formação em Social Media irá prepará-lo para uma profissão que só cresce e que está prestes a retomar o seu lugar de importância a partir de agora. 

Existem 4 habilidades que nem um outro curso disponível no mercado ensina e que estão disponíveis na Formação:

1. Conciliar tanto o trabalho mais técnico quanto o aprimoramento pessoal para que o profissional preste os melhores serviços possíveis. Ou seja, além de ensinar o ofício, o Social Media se torna apto a organizar a sua própria rotina.

2. Trabalhar com nichos específicos das áreas mais procuradas pelo mercado, capacitando o Social Media para que trabalhe com todas elas. 

3. A lidar com gerenciamentos de crises que podem ocorrer com o cliente. Os tão temidos “cancelamentos” podem ser contornados e utilizados como parte de uma estratégia específica que gera grandes resultados.

4. Produzir artes de qualidade utilizando a ferramenta gratuita de design Figma. As aulas oferecem uma boa base mesmo que você encontre clientes que não possuem uma equipe de mídias sociais. 

Além das competências acima, você terá aulas exclusivas com dois nomes internacionais que vão enriquecer os seus conhecimentos sobre a profissão de Social Media: 

  • Julie Atherton 

Estrategista e especialista em Social Media e Marketing Digital há mais de 30 anos, Julie apresenta uma disciplina inteira sobre o tema na Formação. 

Os alunos receberão ainda o livro “Manual do Social Media”, escrito por ela e publicado especialmente pela H1 Editora

  • Gordon Glenister

Autoridade sobre “Marketing de Influência”, Glenister gravou uma masterclass bônus especialmente para a Formação. Você também encontra o livro de mesmo nome presente no catálogo da H1.  

Se você ficou interessado na profissão social media, clique na imagem abaixo e cadastre-se para o lançamento da Formação em Social Media.

formacao social media banner 02